20 de Fevereiro de 2018

Delegados suspendem plantões em delegacias

Delegados suspendem plantões em delegacias

Durante assembleia realizada nesta quarta-feira, 30, a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado (Adepol) decidiu suspender os plantões extraordinários em delegacias da capital e interior do Estado. A medida entra em vigor a partir das 18h de hoje.

De acordo com a Adepol, as medidas incluem ainda entrega das delegacias acumuladas ilegalmente no interior do Estado, a partir das 8h do dia 1º de dezembro, atendimento restrito à lavratura de autos de prisão em flagrante, termos de ocorrência circunstanciado e expedição de guias de exame pericial e suspensão das visitas aos presos custodiados nas delegacias da capital e interior.

A delegada Josefa Valéria Nascimento, diretora administradiva da associação conta que serão entregues 30 delegacias. “Nós conversamos e negociamos com o Governo, o secretário da Segurança e com o delegado geral, mas chegamos a um ponto de que somente o governador pode resolver. Por exemplo, a PGE já deu o parecer de que é ilegal o delegado acumular mais de uma delegacia, mas tem delegado acumulando quatro delegacias. Não vamos mais aceitar e são 30 delegacias que serão entregues. Temos um projeto de lei que já está com o governador, mas ele precisa encaminhar para a Assembleia Legislativa que entrará em recesso no dia 10″, comenta.

A nota encaminhada à imprensa faz duras criticas ao sistema prisional sergipano. Nela, os delegados enfatizam o que chamam de “descaso do Governo em relação ao atendimento das propostas apresentadas pela categoria” e dizem estar inconformados com o tratamento discriminatório entre as Carreiras de Estado do Poder Executivo e temerosos quanto ao crescente número de presos nas delegacias de polícia, em razão da falência do sistema prisional e da inexistência de uma política  penitenciária eficiente”.

Related posts