20 de Fevereiro de 2018

Posto ‘fecha’ para evitar protesto contra preços

Posto ‘fecha’ para evitar protesto contra preços

Um posto de gasolina localizado na avenida Beira Mar, em Aracaju, ‘fechou as portas’ na noite desta segunda-feira, 15, para evitar um protesto liderado por um grupo de cidadãos contra o preço dos combustíveis.

O grupo, que também realizou um protesto na última sexta-feira, 12, pretendia abastecer carros e motos com apenas R$ 0,50 de combustível. Assim que chegaram no local, os manifestantes não receberam atendimento e minutos depois, as luzes do posto se apagarem e os funcionários saíram dos seus postos.

O motorista Jeferson Pereira, participante do protesto, ficou indignado com a situação. “Os preços estão muito altos e nós não aguentamos mais essa situação. Me senti um vagabundo ao chegar aqui e passar por essa situação. É como se meu dinheiro não valesse nada. Meu carro está na reserva, estou no posto e ele não está acorrentado, então, vou chamar a polícia para exigir que abasteça. Vou registrar um boletim de ocorrência porque é crime não atender o consumidor”, desabafa.

“Queríamos abastecer R$ 0,50 como forma de protesto, exercendo nosso direito e nossa cidadania, mas chegamos aqui e eles não nos ofereceram o produto, que é o combustível”, lamenta o motorista Diego Batista, que também participava do protesto.

A organizadora do protesto, Francisca da Silva, reforça que o objetivo do grupo é chamar a atenção do poder público e dos proprietários de postos. “Com apenas 15 carros e 10 motos conseguimos causar impacto. Esse é justamente o nosso objetivo, causar impacto e chamar atenção para que a sociedade entenda que esse é um movimento que vai trazer benefício para todos”, explica.

 

Fonte: Infonet

Related posts