22 de outubro de 2017

Primavera poderá ter chuvas acima da média em Sergipe

Primavera poderá ter chuvas acima da média em Sergipe

A primavera 2017 termina em 21 de dezembro próximo. Conhecida como a estação das flores, a primavera este ano poderá apresentar chuvas acima da média. É o que aponta a sala de situação do Centro de Meteorologia de Sergipe, ligada à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Na primavera, segundo o coordenador do Centro de Meteorologia, Overland Amaral, o clima não é tão quente quanto no verão, e nem muito frio como no inverno, e marca também o equinócio, fenômeno astronômico no qual o Sol atinge com maior intensidade as regiões próximas à linha do Equador. No equinócio, o dia tem a mesma duração no hemisfério norte e no hemisfério Sul.

“A primavera é uma estação diferente das demais. É, na verdade, um misto do inverno e do verão. No início, ainda assume as características do inverno, com temperaturas amenas. Este ano, poderá apresentar oferta de chuvas até 30 de setembro e, posteriormente, o período de insolação terá maior destaque. Ao final da estação, teremos a maior característica de verão, com aumento de temperaturas”, prevê o meteorologista.

Outro diferencial dessa estação, frisa Overland, é que apresenta muita luminosidade. “Daí surge a floração e o apelido de estação das flores, porque tanto o hemisfério sul quanto o norte recebem iguais valores de luminosidade. Essa condição favorece maior fotossíntese das plantas e, consequentemente, mais floração”.

El Niño

Overland explica que a neutralidade do fenômeno El Niño é a resposta para a possibilidade de a primavera deste ano apresentar um índice pluviométrico acima da média, assim como foi no inverno.

“Não é uma estação chuvosa, mas este ano deve apresentar chuvas acima da média, porque nós não estamos tendo o fenômeno El Niño, que está em estado neutro, e o Oceano Atlântico está mais aquecido, a circulação do ar está mais intensa”, destaca.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Related posts